Cine-Opiniões (Parte 5)


Sabata (1969)

 sabatacover

Responda rápido: O que você conseguiria juntando um filme das antigas do James Bond e o circo do Beto Carrero World? Não faz a menor idéia? Eis a resposta.

Perto do final dos anos 60, a onda dos faroestes lúgubres e cheios de sangue dos italianos foi virado de ponta- cabeça. Os anti- heróis caladões, com mira indefectível e de moral quase sempre questionável ainda existiam, mas em um contexto diferente.

A temática a la tragédia grega foi lentamente abrindo espaço para a comédia sutil e a auto- paródia do gênero. A palavra de ordem agora era: Exagerar sem ter medo de ser feliz.

15564__sabata_l

Dirigido por Gianfranco Parolini- usando o pseudônimo Frank Kramer, essa quase comédia é do tipo que ou se ama ou se odeia. Ele começa com Sabata, interpretado pelo eterno vilão de westerns Lee Van Cleef- o homem com olhos e nariz de águia- em seu primeiro papel de protagonista, chegando á cidadezinha de Dougherty. Logo ele faz amizade com Carrincha, o gordo bebum e barulhento local, dono da gargalhada mais esganiçada já registrada em fita. Coincidentemente à chegada de Cleef, um bando de assaltantes executa um engenhoso assalto ao banco da cidade, levando um cofre contendo 100.000 dólares. Sabata descobre que é tudo parte de um plano dos mandantes da cidade para comprar e demolir a cidade  para a construção de uma ferrovia. Sabata ameaça contar tudo aos moradores, a menos que os políticos paguem uma quantia absurda de dinheiro a ele- que só vai aumentando conforme a tensão entre eles aumenta. Eles contratam um monte de assassinos para tentar segurar Sabata, mas como ele é Lee Van Cleef, não tem pra ninguém.

carrincha

A graça desse filme vem de sua pletora de personagens simplesmente impossíveis de terem existido no velho Oeste. Stengel, o líder político da cidade, é bastante afrescalhado e usa um cabelo penteado na horizontal pra disfarçar a careca- coisa que suspeito não ter existido naqueles tempos. Carrincha é um exímio atirador de facas, melhor que os mágicos de circo, e tem um companheiro índio que é trapezista, e consegue saltar através de todos os telhados da cidade em um minuto. De fazer inveja a qualquer ninja! Mas, com toda a certeza, o personagem que se destaca dos demais é Banjo, o primeiro pistoleiro hippie da história, com a peruca mais mal- vestida da história do mundo

Berger

. Interpretado pelo austríaco William Berger, figurinha carimbada dos faroestes Spaghetti, ele leva todo mundo na conversa com sua fala mansa, e sempre aparece tocando seu inseparável banjo. Mais tarde, descobrimos que ele e Sabata já trabalharam juntos.

A outra fonte de gargalhadas do filme são os tiroteios feitos totalmente em tom de sarro. Nenhuma arma dos atores principais é feita pra ser levada a sério. Nesse Oeste nada ortodoxo, uma maleta cheia de areia- e dinheiro!- torna- se um eficiente colete à prova de balas. A arma favorita de Sabata é uma pistolinha de bolso com QUATRO canos- e ainda mais TRÊS escondidos dentro do cabo- que não importa a distância que ele esteja, sempre acerta o alvo.

sabata3a

Ele também leva uma Winchester de cano prolongado que deixa a espingarda quase do tamanho dele, que ele usa para matar bandidos a um quilômetro de distância! Mas o destaque é mesmo a arma de Banjo. Virando o instrumento de trás para frente, existe uma Winchester escondida dentro dele, com uma alavanca saindo pra fora que serve tanto de carregador como gatilho. Recomendo para todo mundo sedento por uma válvula de escape dessa vidinha monótona e para aqueles que não fazem muita questão de entender roteiros de filmes.

 

NOTA:8

Anúncios

2 Respostas

  1. Eu assiti a todos eles e adorava, mas o que ficou na memória como o melhor de todos foi “Tepepa”. Pena que não sei onde achá-lo, se é que ainda existe.

  2. Auto-paródia? Tinham que avacalhar a melhor vertente do Western =\

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: