Coisas que eu detesto


alfisina

Duas palavras: Assistência técnica. Só de ouvi-las, já sentimos o estômago embrulhar. Quando alguma coisa da casa quebra, já é um pandemônio, mas o pior é ter de aguentar a panca de gostosão desses caras! Seja um liquidificador ou um tamanco de feira, eles mal podem esperar pra rir da gente pelas costas. Antes, durante ou depois da facada.

 Assim que você chega à assistência técnica, o atendente já te olha com aquela cara de “o que será que esse/essa imbecil fez pra estragar a máquina?”. Os anos de experiência os ensinaram a ludibriar o freguês a partir do estado emocional dele. Como todo bom médico que se preze, logo ele começa a inventar mais meia dúzia de defeitos, que nada têm a ver com o motivo inicial de você ter trago a máquina. Com toda a malandragem já clássica dos brasileiros, ele garante que vai deixar a coisa como nova, desde que você pague pelo conserto O DOBRO do preço de um aparelho novo.

 Um lembrete: se você for mulher… Nunca, jamais vá à assistência técnica. Eles são treinados pra achar que toda mulher é uma palhaça cabeçuda que não sabe nem qual é a cor do céu, quem dirá explicar um defeito. O tempo de espera até que o conserto seja feito é quase quadruplicado se o cliente é uma mulher. Nem se preocupe em estabelecer nenhum prazo, geralmente eles só abrem o aparelho quando você volta pra buscar no dia marcado.

 Essa classe de trabalhadores se acha tão importante que irrita! Na verdade, nem sei como técnicos de qualquer coisa ainda sobrevivem! Hoje em dia, com todas as peças vagabundas que as empresas têm fabricado, somadas à qualidade duvidosa de tudo que vem da China, fomos treinados a jogar fora tudo que quebra e comprar um novo, maior e mais moderno. Que o digam as vitrolas e a internet discada. Nada, nem sapatos são feitos pra durar hoje em dia. Quem sabem das coisas são os ingleses, que ainda usam geladeiras feitas na década de 40 e Rolls- Royces do tempo da 2ª Guerra mundial  que NUNCA, eu disse NUNCA quebram. Ou, como os próprios britânicos dizem, “falham em proceder”.

Anúncios

2 Respostas

  1. Assistência técnica é um parto. Principalmente quando se trata de computadores. Ô maldito medo da Formatação de HD….

  2. Excelente tema. As mulheres ainda sofrem mais do que os homens no assunto “quebrou, o que eu faço?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: