Última Fila


Flechas de Fogo (1950)
flechas

Não existe símbolo maior do conservadorismo americano que os faroestes. Heróis grisalhos, bravos e bons de gatilho, tiroteios desenfreados, perseguições a cavalo, donzelas em perigo… E muita animosidade entre índios e brancos. John Wayne costumava dizer que os índios deixaram a América pronta pros brancos pegarem. Mas ao contrário dos índios desse lado do continente, os americanos sempre foram retratados como trogloditas sanguinários, uma ameaça ao American Way of Life ou simplesmente como alvos vivos para treino de pistoleiros. Isso até este filme aqui aparecer.
Dirigido por Delmer Daves e baseado em fatos reais, ele nos conta a história de Tom Jeffords (James Stewart-ele próprio um dos campeões de tiro-ao-índio em westerns mais antigos), um homem bem-intencionado e encarregado do correio no Arizona. Muitos cavaleiros entregadores de correspondência–os populares pony express- tinham sido assassinados em território Apache. Tom parte numa investigação e acaba encontrando um índio moribundo, no meio do deserto, com oito balas espalhadas por todo o corpo. Comovido pelo drama do aborígine, resolve cuidar de seus ferimentos e ajudá-lo a se recuperar. Evidentemente outros apaches acabam achando os dois e pensam que Tom estava mantendo o índio como refém. Depois de esclarecida a história, eles o deixam partir.
james
Esse ato de humanidade o deixa impressionado, posto que sempre tinha visto apaches como assassinos carniceiros. Até arrisca pedir permissão aos donos da cidade para entrar em território apache e negociar com o chefe deles, Cochise (Jeff Chandler) um tratado de não- agressão a carteiros. Cochise fica tão comovido com a iniciativa de Tom que acaba selando o acordo.
brokenarrow
Jeffords passa um tempo na aldeia, aprendendo os costumes do povo apache, e acaba se apaixonando por uma jovem índia, Sonseeahray (Debra Paget, na época uns 30 anos mais nova que Stewart).
Obviamente os poderosos da cidade, a cavalaria e alguns índios ficam com um pé atrás na amizade de Cochise e Jeffords, e continuam a atacar os índios, mesmo depois do cacique ter selado um acordo de paz para realizar o casamento de Tom e Sonseeahray. O líder dos apaches desertores da tribo logo ficaria mundialmente conhecido como Gerônimo- talvez até mais conhecido que o próprio Cochise, devido ao grito que os americanos dão quando pulam de pára- quedas.
arrow03ak3
Sendo quase um Dança com lobos(1990) 40 anos mais velho, esse foi o primeiro filme de uma linhagem que ficou conhecida como “faroestes revisionistas”, quando os cineastas resolveram “se arrepender” de todas as convenções do gênero, e começaram a tratar os nativo- americanos com mais dignidade, entre outras coisas. Nem sei como consegui assisti-lo. Não fosse eu ter ligado a TV às duas da manhã um dia desses e pego JUSTAMENTE ELE começando no Canal do Boi…
Recomendado por seu valor histórico e pela atuação primorosa de todo o elenco. Talvez peque um pouco por ser quase todo feito em diálogo, em detrimento da ação.

NOTA: 8,5

Anúncios

2 Respostas

  1. Estranho, mas parece que você nasceu na década errada. Fez uma revisão histórica interessante.

  2. Revisionismo no Western tradicional?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: