Última Fila


Caddyshack: Clube dos Pilantras(1980)

“Quem compra um chapéu desses devia ganhar de brinde uma tigela de sopa.”

 

            Sendo uma crítica demolidora da high society americana, essa comédia que também foi escrita e dirigida pela mesma turma que fez Clube dos cafajestes, traz o protagonista mais pitoresco da história de Hollywood: Uma toupeira animatrônica que parece tudo, menos realista. Ela vive no subterrâneo de um campo de golfe de grã-finos, onde faz o papel dos “olhos da audiência”. Nesse campo de golfe desfilam tipos de todas as classes sociais. Um deles é Danny Noonan, o caddy (ajudante) do juiz Snails(Ted Knight), o metido co-fundador do campo; Dr.Beeper, um golfista inveterado que presta mais atenção em seu jogo que nos seus pacientes, e Ty Webb(Chevy Chase), o playboy garanhão filho do fundador do clube com uma sorte sobrenatural no golfe, que faz tudo ao contrário do que devia fazer, mas sempre acaba se dando bem no final.

O pontapé inicial do filme é dado por Danny, que pretende largar a profissão de caddy o mais rápido possível, e para tal, está “puxando o saco e lustrando as bolas” do juiz Snails, pois quer conseguir uma bolsa de estudos. Mas o plano é ameaçado quando Al Czervik (Rodney Dangerfield), um fanfarrão novo-rico do ramo imobiliário, chega ao campo dando nos nervos de Snails com suas piadas de mal-gosto e falta de classe, porém faz muito sucesso entre os trabalhadores do lugar, com sua personalidade incomum.

Esse filme segue a torto e a direito no estilo do filme anterior da National Lampoon, baseado totalmente na aleatoriedade e em falas improvisadas pelos atores. Assim como John Belushi em Clube dos cafajestes, nesse filme também há um personagem que se destaca de todos os demais: Carl, interpretado por Bill Murray, é o assistente do zelador do campo de golfe, e provavelmente foi mais torturado no Vietnã que o Rambo, porque só fala sandices e poucos entendem sua fala enrolada. O único objetivo da vida dele é estourar os miolos da simpática toupeirinha, que estraga o gramado e faz da vida dele um inferno.

Como o filme foi sendo reescrito conforme era rodado, a maioria das cenas terminaram ficando muito soltas. A princípio os personagens principais seriam Snails e Danny, mas conforme os improvisos de Dangerfield, Chase e Murray iam aumentando, os dois acabaram meio apagados no produto final. Assim, todo o filme acabou parecendo uma enorme parede de tijolos, mas sem nenhum cimento entre eles. O que não o impede de ter momentos clássicos do universo das comédias, como por exemplo, Carl falando sozinho. Enquanto assiste as mulheres jogando, ele simula uma masturbação com a lavadora de bolinhas, e quando jogam chocolate na piscina, todos saem ligeiro dela, pensando ser cocô. Então mandam esvaziar e esterilizar, e quando Carl encontra o chocolate, dá uma mordida nele e a mulher de Snails desmaia, ainda pensando se tratar de fezes.

Al, com seu taco com uma mira telescópica acoplada, sacola de golfe com telefone e aparelho de som embutidos, Ty jogando sinuca com o taco e as bolas de golfe e acertando todos os buracos numa tacada igual ao Pernalonga, e, no melhor de todos, o bispo co-fundador do campo, que atribui suas habilidades no golfe a Deus, mas ao errar uma tacada, berra um palavrão e ao ser atingido por um raio, enquanto tentava quebrar seu recorde durante uma tempestade, afirma veementemente “Deus não existe”.

Apesar das falhas, também é um clássico. Bom jogo!

NOTA: 8,5

Obs: Eu bem que tentei, mas só achei esse filme pra baixar no original, sem legendas, então nem postei link nenhum dessa vez

Anúncios

5 Respostas

  1. Você acha que vale mesmo a pena parar e assistir esse filme? Eu até gosto de besteirol, mas esse me pareceu sofrível demais!

    • bom essa comédia encabeça quase todas as listas de maiores comédias americanas já feitas
      na primeira assistida confesso q n curti mt mas na segunda foi um festival de gargalhadas!
      recomendo se vc n fpor uma pessoa muito séria heheheheheh

  2. Eu não gosto de comédia, especialmente aquelas em que o ator faz muitas caretas. Concordo com Marluci. Melhor ler o seu comentário do que ver o filme.

  3. Esse aí eu nunca tinha ouvido falar XD

    • eh um clássico cara
      procura q vc vai curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: