Aquecimento


WassUUUUUUUUUUUUP? Tudo certinho com vocês?

Enfim, o Canadá derrotou os Estados Unidos… É oficial, o diretor canadense James Cameron possui em seu currículo as duas maiores bilheterias da história da humanidade.

A vinheta do Fantástico mais cara da história, A.K.A Avatar, bateu a portinha dos 2 bilhões de Dólares mundo afora, tornando-se o único filme adiante de Titanic, do mesmo diretor. Ainda vai nascer, sabe-se lá quando, alguém capaz de fazer um filme que vá colocar os etezões descendentes dos Apaches no chinelo.

 

Como tudo na vida, Avatar tem o lado positivo e negativo. Pode reanimar o interesse das pessoas e, mais importante, da Academia pelas Space Operas e pela ficção científica, e consequentemente, reduzir o interesse pela onda de filmes de super-heróis, mas também representa o que todos os cinéfilos temiam: os olhos, enfim, derrotaram o cérebro. O roteirista deixou de ser primordial na feitura do filme de uma vez por todas. Ninguém mais precisará raciocinar nas salas de cinema, desde que as imagens sejam deslumbrantes. O mundo “Avatástico” enche tanto os olhos que em alguns lugares do mundo, existem pessoas entrando em depressão profunda e adquirindo tendências suicidas, assim que o filme acaba. Todo mundo quer morrer e ressuscitar como Na’vi.

Bom divertimento!

Anúncios

2 Respostas

  1. Ainda ouviremos falar de Avatar como tema principal durante muitos anos. Houve uma mudança na tecnologia e no conceito.

  2. Bem-vindo a era do Cinema em 3D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: