Rapidinha


E lá se foi mais um carnaval… Mesmo que eu deteste a festa, tem uma coisa que quem se atrever a dizer que não gosta corre o risco de ser apedrejado: A magnânima, deliciosa e extra-mulata Globeleza Valéria Valenssa. Ela sambou usando nada além de tinta, purpurina e lantejoulas por quase duas décadas. Bastava ela começar a requebrar, acompanhando o ritmo dos berros de Jorge Aragão “NA TELA DA TV NO MEIO DESSE POVO, A GENTE VAI SE VER NA GLOBO!” e todos os marmanjos e algumas lésbicas ficavam de queixo caído.

Porém, só pra variar, em 2005 ela se arrependeu de tudo o que rebolou desde 1991, de ser famosa e desejada por 50 entre 10 brasileiros e tornou-se evangeliquíssima e pudiquíssima. OK, whatever you say, Val… Mas que parte do ditado “teu passado te condena” você não entendeu? Tenho certeza de que, caso ela vá pro paraíso -se é que isso existe, Deus só vai deixar ela entrar se requebrar antes.

Anyway, em 2005 a insubstituível Valéria foi substituída por uma Globeleza genérica, a qual ninguém, nem a própria, sabe o nome. Tomara que ela não me leve a mal – como se alguém além de mim lesse meus textos, ela é uma p*** duma gostosa, mas não se pode substituir o que é insubstituível. É como Os Trapalhões sem Didi, Dedé, Mussum e Zacarias.

Anúncios

Uma resposta

  1. Mudar de rumos, em leis de trânsito é converter a direita ou a esquerda. Também na vida pode-se mudar a direção. Quando é radical demonstra a falta de aceitação do que foi feito anteriormente. É dificil entender,mas temos de tentar. Somos livres para tudo, inclusive para nos redirecionar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: